crp

Folheto Informativo CRP

Ficha de inscrição CRP Mod. 02-2

DESTAQUE – Novos Cursos Formação Profissional

O Centro de Reabilitação Profissional do CRIA, tem como objetivo promover ações de Formação Profissional que visam a aquisição e o desenvolvimento de competências pessoais, sociais e profissionais.

Neste momento os formandos frequentam ações de Formação Profissional, por um período máximo de 3600 ou 2900 horas, consoante se trate do percurso B (com equivalência ao 9º ano de escolaridade), ou do percurso C (que certifica profissionalmente), inclui formação na Instituição (Formação tecnológica, Formação de base e Formação para a Integração) bem como Formação Prática em Contexto de Trabalho, nas empresas e Instituições da região. São percursos formativos que procuram dar resposta às áreas empresariais envolventes, assim no Percurso B, promovemos as saídas profissionais de Operador(a) de acabamentos de madeira e mobiliário, Operador(a) de serralharia, Operador(a) de jardinagem e Empregado(a) de andares; bem como no Percurso C, as saídas profissionais de Operador(a) de agropecuária, Operador(a) de serralharia civil, Operador(a) de conservação e restauro de madeiras e Confecção de doces e salgados.
A Formação Profissional conta ainda com apoio nas áreas de Psicologia e Serviço Social, que complementam e contribuem para que os objetivos sejam atingidos pelos formandos.

No Centro de Recuperação e Integração de Abrantes, a Formação Profissional existe desde 1989. Atualmente desenvolve-se no âmbito do Programa POISE (Portugal 2020), na Tipologia de Intervenção 3.01 – Qualificação das Pessoas com Deficiência e Incapacidade – co-financiado pelo Fundo Social Europeu (FSE). Destina-se a pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, com deficiência e incapacidade, abrange ainda candidatos a partir dos 16 anos, desde que os estabelecimentos de ensino nos quais se encontrem inscritos comprovem a incapacidade para a frequência do mesmo. A Formação Profissional desenvolvida no CRIA tem como tipologia de intervenção e operação a inclusão ativa da população e a qualificação de pessoas com deficiência e incapacidade.

Assim as ações de formação desenvolvidas pelo Centro de Recuperação e Integração de Abrantes, têm como objetivo temático e como eixo prioritário promover a inclusão social e combater a pobreza e a discriminação.

Nestes percursos os formandos beneficiam de alimentação ou subsídio de alimentação, consoante se trate de contexto de formação ou Formação prática em contexto de trabalho, subsídio de transporte, bem como bolsa de formação.

logo dgert